Portcom

Prêmios » Prêmio Luiz Beltrão 2008



Indicações ao Prêmio Luiz Beltrão
de Ciências da Comunicação já estão abertas

INTERCOM - Soc. Bras. de Estudos Interdisciplinares da Comunicação - SP
UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN
Globo Universidade – Rede Globo de Televisão - RJ
Cátedra Unesco de Comunicação – SP

Informações:

Email: intercom@usp.br

Home page na internet:
http://www.intercom.org.br ou
http://www.metodista.br/unesco/luizbeltrao

Objetivo

O Prêmio Luiz Beltrão de Ciências da Comunicação destina-se a reconhecer a qualidade do trabalho acadêmico realizado nas universidades ou nos centros/institutos de pesquisa, valorizando a atuação individual, grupal ou coletiva. Sua finalidade é identificar anualmente quais as pessoas, equipes ou instituições que apresentaram contribuições relevantes para o campo das ciências da comunicação, de modo a construir/consolidar a identidade da nossa comunidade acadêmica.

Indicações

Os candidatos ao prêmio serão indicados pela comunidade acadêmica das ciências da comunicação, através de um processo de consulta aos sócios da INTERCOM, dirigentes e colegiados dos cursos de comunicação (graduação e pós), institutos de pesquisa e outras entidades da área. As indicações podem ser individuais ou coletivas, basta preencher a FICHA DE INDICAÇÃO e remetê-la ao Júri do Prêmio LB-2008: INTERCOM - Av. Prof. Lucio Martins Rodrigues, 443 - Ed. da ECA-USP - Bloco 9 - São Paulo, cep: 05508-900 São Paulo - SP, Fax: (11) 3091-4088, email: intercom@usp.br.

Para fazer a indicação basta preencher a ficha e enviar, juntamente com um dossiê (um breve perfil) do indicado, por e-mail para: intercom@usp.br. Cada participante pode indicar quantos candidatos quiser, em cada uma das 4 modalidades.

Calendário

Lançamento nacional: 15 de abril de 2008

Indicações de candidaturas: 17 de abril a 19 de maio de 2008

Análise técnica das candidaturas inscritas: 20 a 31 de maio de 2008

Avaliação das candidaturas pelo Júri: 1 a 16 de junho de 2008

Anúncio dos vencedores: 20 de junho de 2008

Entrega dos diplomas: 4 de setembro de 2008

Simpósio

Os Vencedores do Beltrão/2008 participarão do XI Simpósio de Pesquisa Avançada em Comunicação -“Trajetórias intelectuais e histórias de vida de lideranças comunicacionais”, agendado para a cidade de Natal (RN), durante O XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação.

Júri

A escolha é feita por um colegiado, composto pelos ex-presidentes da INTERCOM: José Marques de Melo, Anamaria Fadul, Gaudencio Torquato, Margarida M. K. Kunsch, Manoel C. Chaparro, Adolpho Queiroz, Maria Immacolata V. Lopes, J. S. Faro, Cicilia M. Krohling Peruzzo; Sonia Virginia Moreira e pelos vencedores do Prêmio Luiz Beltrão na Categoria “Maturidade Acadêmica”, Moacir Pereira (1998), Sérgio Caparelli (1999), Sérgio Mattos (2000), Muniz Sodré (2001), Antonio Costella (2002), Carlos Eduardo Lins da Silva (2003), Ana Arruda Callado (2004), Murilo César Ramos (2005), Adisia Sá (2006) e Antonio Hohlfeldt (2007).

Categorias

O prêmio será concedido em 4 distintas categorias:

Personalidades

Liderança emergente
Destinado a jovem doutor que esteja adquirindo projeção local ou regional pela seriedade e produtividade do trabalho desenvolvido, pela capacidade de liderar projetos/equipes e pela busca de conexões nacionais/internacionais. A seleção deve ser feita pelos indicadores da trajetória percorrida num período mínimo de 5 anos e máximo de 10 anos após o doutoramento do candidato.

Maturidade acadêmica
Destinado a pesquisador-senior, autor de estudos significativos e produtor de conhecimento comunicacional que tenha obtido reconhecimento nacional e/ou internacional. A escolha se fará a partir do conjunto da obra. Os candidatos devem ser comunicólogos no apogeu da carreira acadêmica ou já retirados da vida profissional.

Instituições

Grupo inovador
Destinado a núcleos de pesquisa que venham se destacando pela capacidadede inovar nos planos teórico, metodológico, tecnológico ou pragmático, construindo idéias, gerando produtos ou modelos comunicacionais. A seleção se fará pelos indicadores da trajetória do grupo nos últimos 5 anos.

Instituição paradigmática
Destinado a cursos, departamentos, escolas, institutos, empresas, sindicatos, associações, igrejas, ONGs ou órgãos públicos que tenham se notabilizado pela criação/manutenção/fortalecimento de programas depesquisa sistemáticadosfenômenos comunicacionais. A seleção se fará pelos indicadores da produção institucional nos últimos 5 anos.

Quem é quem

Luiz Beltrão

Pioneiro da pesquisa científica sobre os fenômenos comunicacionais na universidade brasileira, Luiz Beltrão foi fundador do Instituto de Ciências da Informação, primeiro centro acadêmico nacional de estudos midiáticos, e de Comunicações & Problemas, nossa primeira revista de ciências da comunicação (Universidade Católica de Pernambuco, 1963). Tornou-se também o primeiro Doutor em Comunicação do Brasil (Universidade de Brasília, 1967). Sua obra ganhou reconhecimento nacional e prestígio internacional, nos âmbitos do jornalismo e comunicação de massa.

Foi ao mesmo tempo pesquisador, educador e divulgador científico. Produziu conhecimento midiático ancorado na vivência profissional. Formou toda uma geração de professores e pesquisadores da comunicação. E converteu os resultados das suas pesquisas em material didático, difundido na sala de aula ou estocado em livros destinados aos jovens estudantes e profissionais.

Nascido em Olinda, Pernambuco, em 8 de agosto de 1918, Luiz Beltrão faleceu em Brasília em 1986.

Intercom

Fundada em São Paulo, no dia 12 de dezembro de 1977, a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação reúne mais de 600 pesquisadores em seu quadro social e congrega cerca de 5.000 participantes em seu congresso anual.. É a associação representativa dos comunicólogos e midiólogos brasileiros junto à comunidade científica nacional (SBPC) e aos fóruns internacionais legitimados pelas ciências da comunicação (ALAIC, LUSOCOM, IBERCOM e IAMCR).

Edita semestralmente a INTERCOM - Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, periódico acadêmico de referência nacional, promovendo congressos nacionais e regionais que atraem a participação de pesquisadores do Brasil e América Latina, além de Simpósios Temáticos e Colóquios Internacionais.

Patrocina também os Prêmios Vera Giangrande (iniciação científica), Ligia Averbuck (graduados e especialistas), Francisco Morel (mestrandos) e Freitas Nobre (doutorandos)

A sede da associação está situada no campus da USP - Av. Prof. Lucio Martins Rodrigues, 443 - ECA - Bloco B-9 - Cidade Universitária - Butantã - São Paulo, cep: 05508-900 São Paulo - SP, Fax: 011-3091 4088
E-mail: intercom@usp.br
Home-page: http://www.intercom.org.br.

UFRN

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte origina-se da Universidade do Rio Grande do Norte, criada a 25 de junho de 1958, através de lei estadual, e federalizada a 18 de dezembro de 1960. A Universidade do Rio Grande do Norte, instalada em sessão solene realizada no Teatro Alberto Maranhão, a 21 de março de 1959, foi formada a partir de faculdades e escolas de nível superior já existentes em Natal, como a Faculdade de Farmácia e Odontologia, a Faculdade de Direito, a Faculdade de Medicina, a Escola de Engenharia, entre outras.

A partir de 1968, com a reforma universitária, a UFRN passou por um processo de reorganização que marcou o fim das faculdades e a consolidação da atual estrutura, ou seja, o agrupamento de diversos departamentos que, dependendo da natureza dos cursos e disciplinas, organizaram-se em centros acadêmicos.

Nos anos 70, teve início a construção do Campus Central, numa área de 123 ha. O Campus, atualmente, abriga um arrojado complexo arquitetônico, circundado por um anel viário que o integra à malha urbana da cidade do Natal.

As grandes solenidades da UFRN, geralmente, acontecem na Praça Cívica, projetada na forma de um grande anfiteatro ao ar livre. Para eventos e práticas esportivas, o Campus conta com um parque com ginásio olímpico, campo de futebol, pista de atletismo e piscinas olímpicas.

Atualmente, a comunidade acadêmica é formada por mais de 27.000 estudantes, 3.062 servidores técnico-administrativos e 1.638 docentes.

Globo Universidade

O Globo Universidade é responsável pelo intercâmbio de conhecimento entre a TV Globo e universidades do Brasil e do exterior. Nesse sentido, mereceram destaque em 2007 o apoio a 34 pesquisas de mestrado e doutorado relacionadas com a TV Globo e a produção de seus programas. e a participação de profissionais da TV Globo em seminários e congressos acadêmicos. A excelente repercussão deste trabalho pode ser expressa também pelo interesse de cerca de 1.400 pessoas, entre pesquisadores, professores e alunos, brasileiros e estrangeiros, que visitaram as instalações da emissora, para conhecer de perto o funcionamento de diversas áreas.

Junto com a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação (Intercom) foi organizado o Seminário “Gestão da Indústria Televisiva”. Trinta professores e pesquisadores de Comunicação Social estiveram no Rio de Janeiro, para participar de um ciclo de palestras com executivos da TV Globo. Na ocasião, tiveram a oportunidade de visitar a redação e os estúdios do Jornalismo, as cidades cenográficas, estúdios e áreas de produção do Projac.

O Congresso Nacional da Intercom, em Santos (SP), ao qual estiveram presentes professores e pesquisadores de todo o país, contou com a participação de profissionais da TV Globo, que também fizeram palestras nos Congressos Regionais do Sudeste, em Juiz de Fora, e do Nordeste, em Salvador.

Ao estabelecer uma troca permanente de experiências, idéias e tecnologias, o Globo Universidade contribui para a geração de conhecimento sobre televisão no país e para a formação de futuros profissionais que apostem numa televisão de conteúdo nacional e que valorize a cultura brasileira.

Coordenação

A coordenação do Beltrão 2008 foi confiada à Profa. Dra. Maria Cristina Gobbi, Diretora-Suplente da Cátedra UNESCO/Metodista de Comunicação, que tem proporcionado o apoio operacional necessário para a gestão do Prêmio Luiz Beltrão.

O material publicitário e visual foi desenvolvido pela Criação LAB PP FAC/UnB, sob a supervisão da profa. Nelia Del Bianco (UnB).