Portcom
Erro ao processar o arquivo SSI

 

Agenda

Beltrão 2008 revela vencedores

O Prêmio Luiz Beltrão de Ciências da Comunicação, concedido anualmente pela Intercom a pesquisadores e instituições científicas, foi atribuído, este ano, na categoria “maturidade acadêmica”, à professora Marialva Barbosa, autora do livro “História Cultural da Imprensa” e fundadora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFF, que vem se destacando pelo seu espírito dinâmico e realizador.

Venceram como “lideranças emergentes” as professoras Cosettte Castro (Unesp) e Ivone de Lourdes Oliveira (PUC Minas). Cosette integra o Programa de Pós-Graduação em Televisão Digital da Unesp de Bauru, consultora da Comisión Económica para América Latina (Cepal), órgão da Unesco localizado no Chile - 2007; coordenadora da pesquisa “As Indústrias de Conteúdos na América Latina”, em 11 países da região, onde analisa o desenvolvimento da mídia analógica e o crescimento da mídia digital e da convergência tecnológica nos países estudados. Ivone é diretora da Faculdade de Comunicação e Artes da PUC-Minas, que tem ao longo dos anos contribuído para o fortalecimento do campo de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas no Brasil, tendo sido eleita, pela segunda vez consecutiva, vice-presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas – Abrapcorp,

O troféu de “grupo inovador” foi conquistado pelo Grupecj – Grupo de Pesquisa sobre o Cotidiano e o Jornalismo criado em 2002, na Universidade Federal da Paraíba, sob a liderança do Prof. Dr. Wellington Pereira, com o objetivo de estudar as relações entre o jornalismo impresso e as teorias do cotidiano.

Na categoria “instituição paradigmática”, foi vencedora a centenária Imprensa Oficialdo Estado de São Paulo, que vem cumprindo de modo exemplar sua missão constitucional, ao “dar transparência e preservar os atos da administração pública”. A partir de 1997, essa empresa pública, hoje presidida pelo Dr. Hubert Alqueres, vem atuando como espaço de fomento à difusão do conhecimento historiográfico, abrangendo todos os ramos do conhecimento. Mas o campo da comunicação mereceu tratamento especial, privilegiando a mídia audiovisual e a mídia impressa. Além de publicar obras sobre a trajetória da imprensa nacional e as biografias de jornalistas que fizeram História, a editora lançou a edição fac-similada do periódico seminal do jornalismo brasileiro, de autoria de Hipólito da Costa. No setor audiovisual, vem resgatando a memória do cinema, rádio e televisão, através de livros de bolso distribuídos gratuitamente a bibliotecas públicas de todo o país.

A entrega solene dos diplomas aos vencedores do Beltrão 2008 será realizada na noite de 4 de setembro, das 19h às 21h, na cidade de Natal (RN), durante o 31º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, contando com o apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e do Programa Globo Universidade.

JÚRI – Instituído em 1997, o prêmio Luiz Beltrão pretende homenagear o pioneiro da pesquisa científica em comunicação no Brasil, bem como sinalizar às novas gerações, reconhecendo a excelência do trabalhado realizado nas universidades por docentes e pesquisadores, bem por entidades que fomentam estudos ou desenvolvem projetos comunicacionais relevantes para o desenvolvimento sócio-cultural.

Os candidatos ao prêmio, em cada uma das categorias, são indicados anualmente pela comunidade acadêmica da área, cabendo a decisão final a um júri presidido pelo fundador da Intercom, prof. Dr. José Marques de Melo. Integram esse colegiado, composto por 20 personalidades, os antigos e o atual presidente dessa associação, bem como pelos vencedores da categoria maturidade acadêmica em anos anteriores (Moacir Pereira, Sérgio Capparelli, Sergio Mattos, Muniz Sodré, Antonio Costella, Carlos Eduardo Lins da Silva, Ana Arruda Callado, Murilo César Ramos, Adísia Sá e Antonio Hohlfeldt).

A coordenação geral do Prêmio Luiz Beltrão está a cargo da Profa. Dra. Maria Cristina Gobbi, diretora-suplente da Cátedra UNESCO/Metodista de Comunicação. Informações adicionais: mcgobbi.unesco@metodista.br.